Salvador

Quando pensava em Salvador, cidade que eu não conhecia, as cenas que povoavam meu imaginário eram da ficção: os meninos de rua vivendo em um trapiche, na obra Capitães da Areia, de Jorge Amado, e o assassinato dos meninos pobres no Pelourinho, mortos por um policial militar durante o carnaval, na série Ó paí, ó, …